Bilionária brasileira doa R$ 88 milhões para reconstrução da Catedral de Notre-Dame

O incêndio que atingiu a Catedral de Notre-Dame, em Paris, na França, gerou comoção em grande parte do mundo ao longo dos últimos dias.

429

Embora divida opiniões, principalmente nas redes sociais, as reações relacionadas à construção foram levadas a outro patamar. É que uma espécie de campanha de doação para que a estrutura seja reformada ganhou corpo logo no primeiro dia após o registro do acidente.

O grupo Kering, de François-Henri Pinault – marido da atriz Salma Hayek, doará o equivalente a R$ 430 milhões para as obras. Ele é responsável e proprietário de marcas como Gucci e Yves Saint Laurent. Já o grupo LVMH, da família bilionária Arnault, comunicou uma doação de R$ 860 milhões.ADVERTISING

Vídeo incorporado

A lista de doadores tem crescido ao longo dos últimos dias, mas um nome em particular tem chamado atenção por dois motivos: além de ser brasileira, a responsável doou sozinha uma quantia estimada em R$ 88 milhões. Trata-se da bilionária Lily Watkins Cohen Monteverde Bendahan Safra, ou apenas Lily Safra. Aos 84 anos, ela tem uma fortuna estimada em R$ 5 bilhões.

Lily é natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e foi casada com o banqueiro Edmond Safra – o segundo marido dela. Filha de pai inglês, já apareceu por várias vezes na lista de mulheres mais ricas do mundo. Mas nem tudo são flores na vida da socialite: ela também perdeu um dos filhos, o mais velho Claudio Cohen, e um neto em um acidente de carro ocorrido no Rio de Janeiro ainda nos anos 1990.

A brasileira bilionária também é conhecida por fazer parte do circulo social de figuras importantes e famosas, entre elas o príncipe Charles e o músico inglês Elton Jhon.

Reprodução/Daily Mail

Facebook Comments