Brasileiro lança em Londres fundo de US$ 1 bilhão para apoiar soja sustentável no Cerrado

85
EXPEDIÇÃO SAFRA 2019 - Propriedade de Emerson Zancanaro, produtor de soja e milho em Nova Mutum, Mato Grosso. Fazenda Japuira em Nova Mutum-MT - FOTO: MICHEL WILLIAN - 23.01.2019

“O empresário brasileiro Pedro Moura Costa, pioneiro no mercado internacional de créditos de carbono, lança nesta quinta-feira (04/07), na Bolsa de Londres, um fundo de US$ 1 bilhão para financiar a produção de grãos com desmatamento zero no Cerrado.

Durante o lançamento dos títulos verdes, será anunciada também uma parceria do Fundo de Investimentos Sustentáveis (SIM) com as agências de meio ambiente das Nações Unidas e do Reino Unido. A meta do SIM é financiar nos próximos quatro anos a produção de mais de 180 milhões de toneladas de milho e soja no Cerrado, fomentando a agricultura apenas em áreas já abertas ou subutilizadas.

Os gestores do fundo estimam que podem ser convertidos para produção de grãos 18 milhões de hectares de pastagens degradadas no Cerrado, o que representa o dobro de toda a agricultura no Paraguai. Para participar da iniciativa, os agricultores terão de aderir ao compromisso de não desmatamento, além de atender as exigências do Código Florestal. A certificação será feita por auditorias independentes, supervisionadas por um comitê de produtores, ONGs e instituições financeiras.”

Facebook Comments