Brexit sem acordo pode deixar as prateleiras vazias, alerta varejistas

Varejistas estão alertando que um Brexit sem acordo ameaça a segurança alimentar do Reino Unido levando a preços mais altos e prateleiras vazias em curto prazo.

22

Sainsbury, Asda e McDonald’s estão entre os que alertam para a impossibilidade de estoques de alimentos frescos e afirmam que o Reino Unido é dependente da UE para produzir. A advertência vem em uma carta do British Retail Consortium e é assinada por vários dos principais varejistas de alimentos.

A carta dos varejistas, vista pela BBC, diz que haverá “riscos significativos” para manter a escolha, qualidade e prazo de validade dos alimentos. “Estamos extremamente preocupados que nossos clientes estarão entre os primeiros a experimentar a realidade de um Brexit sem acordo”, diz a carta.

Os varejistas têm relutado em intervir no debate sobre o Brexit, mas estão fazendo isso agora, à medida que a data de partida do Reino Unido da UE se aproxima.

Na carta, eles conclamam os parlamentares a trabalharem juntos “com urgência para encontrar uma solução que evite o choque de um Brexit sem acordo”.

Os parlamentares irão considerar uma série de alterações aos planos de Theresa May que poderiam moldar a direção futura do Brexit.

Apesar de o veredito final não ser dos parlamentares, eles votarão nas emendas e se uma for aprovada ilustrará quais mudanças podem ser suficientes para obter uma versão modificada do acordo por meio do Parlamento.

Confira a notícia completa na BBC.


Facebook Comments