Donald Trump chega amanhã a Londres para uma visita de estado de 3 dias

O presidente dos EUA, Donald Trump, chegará a Londres na segunda-feira, 3 de junho para uma visita de três dias.

460

O presidente dos EUA, Donald Trump, chegará a Londres na segunda-feira, 3 de junho para uma visita de três dias.

O presidente e a primeira-dama Melania Trump serão convidados da Rainha e comparecerão a uma cerimônia em Portsmouth para marcar 75 anos desde os desembarques do Dia D.

Ele também terá um encontro oficial com a primeiro-ministro em Downing Street.

Uma operação de segurança multimilionária também estará em vigor, especialmente em Londres, onde provavelmente haverá protestos de grupos anti e pró-Trump.

A primeira-ministra Theresa May disse que a visita de junho é uma “oportunidade para fortalecer nosso relacionamento já próximo em áreas como comércio, investimento, segurança e defesa, e para discutir como podemos construir esses laços nos próximos anos”.

No entanto, a visita de estado de Trump ao Reino Unido é controversa devido às suas políticas sobre temas como a imigração nos Estados Unidos. Muitas pessoas na Grã-Bretanha criticaram seus planos de construir um muro na fronteira americana e mexicana, bem como sua posição sobre a mudança climática.

Quando Trump visitou o Reino Unido no ano passado, houve protestos generalizados.

O perfil oficial da familia real no Instagram divulgou um comunicado:

“Amanhã o presidente dos Estados Unidos da América, presidente Donald J Trump e a primeira-dama, Sra. Melania Trump, farão uma visita de Estado ao Reino Unido.
As visitas de Estado, tanto externas quanto recebidas, desempenham um papel integral no fortalecimento das relações da Grã-Bretanha com países do mundo todo.

A rainha recebeu o Presidente Trump e a Sra. Trump para o chá no Castelo de Windsor em julho passado. Ao longo de seu reinado, a rainha encontrou doze presidentes dos EUA. A rainha já recebeu duas visitas estaduais dos EUA, o presidente George W. Bush em 2003 e o presidente Barack Obama em 2011.”

Notícia retirada do site BBC.

Facebook Comments