Rússia quer criar rodovia ligando NY a Londres

Governo russo dá sinal verde para projeto de rodovia que visa ligar Nova York a Londres, cruzando todo o território da Rússia

355
O projeto faraônico do governo russo de construir uma malha rodoviária, partindo de Nova York, cruzando territórios dos EUA, Canadá, e o Alasca, para, em seguida, atravessar toda a Rússia, até chegar ao continente europeu até Londres, no Reino Unido, recebeu sinal verde de Moscou. Batizada de rodovia “Meridian” a via se estenderá por 2 mil quilômetros, criando uma rota mais curta para o transporte de mercadorias entre a Europa continental e a China. O político russo Dmitry Medvedev aprovou a primeira fase do projeto, que será financiado como parte de uma parceria entre investidores privados com apoio do governo russo. A rodovia custará cerca de US$ 9,4 bilhões. A agência russa de notícias RIA Novosti informou que mais de 80% da terra necessária para a construção da rodovia já foi comprada. O projeto é apenas um dos muitos que visam melhorar a infraestrutura e conectividade na região. Em 2013, o presidente chinês Xi Jinping lançou a iniciativa Um Cinturão, Uma Rota – uma política de infraestrutura global, inspradacom o objetivo de construir portos, estradas e ferrovias para criar novos corredores comerciais ligando a China à Ásia, África e Europa.

O projeto faraônico do governo russo de construir uma malha rodoviária, partindo de Nova York, cruzando territórios dos EUA, Canadá, e o Alasca, para, em seguida, atravessar toda a Rússia, até chegar ao continente europeu até Londres, no Reino Unido, recebeu sinal verde de Moscou.

Batizada de rodovia “Meridian” a via se estenderá por 2 mil quilômetros, criando uma rota mais curta para o transporte de mercadorias entre a Europa continental e a China.

O político russo Dmitry Medvedev aprovou a primeira fase do projeto, que será financiado como parte de uma parceria entre investidores privados com apoio do governo russo.

A rodovia custará cerca de US$ 9,4 bilhões. A agência russa de notícias RIA Novosti informou que mais de 80% da terra necessária para a construção da rodovia já foi comprada. 

O projeto é apenas um dos muitos que visam melhorar a infraestrutura e conectividade na região. Em 2013, o presidente chinês Xi Jinping lançou a iniciativa Um Cinturão, Uma Rota – uma política de infraestrutura global, inspradacom o objetivo de construir portos, estradas e ferrovias para criar novos corredores comerciais ligando a China à Ásia, África e Europa.

Facebook Comments