Tudo que você precisa saber sobre trabalho em Londres

256

Muitas são as duvidas de quem planeja a vida fora do Brasil e um dos fatores determinantes na hora de decisão é a oportunidade de trabalho. Além disso, outros questionamentos podem surgir como os requisitos, a língua, salário, entre outros. Pensando nisso vamos trazer hoje algumas explicações importantes de tudo que envolve trabalho no Reino unido. Confira!

Vistos

Antes de tudo, é importante destacar que você precisa de permissão para trabalhar no país. Há várias formas, mas a mais fácil seria através de um documento de cidadania europeia. Portanto, vale a pena buscar os documentos de ancestrais da família e descobrir se você tem direito. 

Há ainda o visto de trabalho tíer 2, como explicamos  nesse post.

Requisitos

Outros requisitos são necessários para conseguir uma vaga de emprego como ter uma conta aberta em banco e possuir o National Insurance Number. Por isso, é preciso providenciar essas exigências ao chegar a Londres.

Você tem a opção de trabalhar como autônomo (self employed) e algumas vagas que não oferecem contrato podem exigir esse registro. 

Salário mínimo

O salário no Reino Unido não é contabilizado por mês e sim por horas, portanto depende da carga horária de cada trabalho. O valor varia e aumenta todo ano. No momento o valor do salário mínimo até abril de 2019 é:

Aprendiz £3,70

Menor de 18 anos £4,20

De 18 a 20 anos £5,90

De 21 a 24 anos £7,38

Acima de 24 anos £7,83

Férias e benefícios

Para quem trabalha como autônomo as férias são flexíveis já que é você quem decide, mas também tem a desvantagem de não ser remuneradas. Já as empresas com contrato oferecem 25 dias uteis de férias pagas. Também não são todas as vagas que oferecem auxilio transporte ou médico.

Os feriados no país são raros, apenas Ano Novo, Natal, Páscoa e comemoração da chegada do verão e primavera. No total serão 8 em 2019.

Trabalho para quem não fala inglês 

Se você ainda não domina a língua inglesa não se desespere, há opções de trabalho que não exigem muita comunicação. Alguns dos serviços comuns para quem ainda não fala inglês é como cleaner (limpeza), drivers (motoristas e entregadores), housekeeper (camareiras em hotels), runner (em restaurante ou cafés levando e retirando os pratos), kitchen Porter (auxiliar de cozinha lavando pratos), babá ou trabalho em construção. 

É possível crescer de cargo nessas profissões, como ser promovido a supervisor ou gerente e praticar a língua também.

Áreas em ascensão

Algumas áreas estão crescendo e para quem já trabalhou ou está cogitando vale investir. Uma delas é TI, não exige muito da comunicação em inglês e é possível atingir bons cargos com ótima remuneração. Outra área que está sempre crescendo é o marketing, principalmente digital, porém exige um inglês avançado. Para quem gosta da área financeira também pode investir, pois continua em ascensão. 

Contato é tudo 

Já demos algumas dicas para buscar emprego em Londres, mas vale a pena reforçar que ter contatos faz toda a diferença. A probabilidade de você conseguir uma vaga no inicio é maior com a indicação de um conhecido, já que você ainda não terá experiência no país e talvez falte a carta de referência que muitas empresas exigem. 

O que achou das nossas dicas? Quais são suas maiores duvidas a respeito de trabalho em Londres?

CLASSIFICADOS EM LONDRES

https://tudolondres.com/2019/classificados/ad/ensinado-por-nhs-999-paramedicos-curso-para-mamaes-papais-e-familiares-primeiros-socorros-infantil-salve-a-vida-de-seu-filhote/
https://tudolondres.com/2019/classificados/ad/flat-de-3-quartos-em-hornsey/
https://tudolondres.com/2019/classificados/ad/honda-forza-125/

TODOS TIPOS DE SEGUROS

Facebook Comments